Mar.09
17

20 histórias assustadoras (e verdadeiras) que fazem seu colégio parecer normal

0 comentários27 ns.buzz

A lista é extensa, 100% verdadeira e vale a leitura, no final tem o link da fonte de cada uma ok?

Quero ver os comentários de coisas bizarras que já aconteceram com vocês na escola e que poderiam entrar nessa lista…!


20 – A professora cheiradora de cocaína

Lewiston, New York: Joan Donatelli de 59 anos, estava perto da sua aposentadoria, porém nos seus últimos dias de aula resolveu ficar um pouquinho mais animado que o normal. Infelizmente ela tomou essa decisão durante a aula da quarta séria. Dois estudantes relataram a polícia que tinham visto a professora mergulhar sua caneta repetitivamente em uma sacola com pó branco e cheirar pelo tubo enquanto lecionava para os alunos a menos de 5 metros de distância. Após ser pressionada pela polícia a professora cheiradora confessou que usava cocaína durante as aulas e foi condenada a 100 horas de serviços comunitários, presumo que não envolvendo crianças, né? (fonte)

19 – Os estudantes que foram obrigados a lavar as janelas da escola, no terceiro andar, pelo lado de fora

Beijin, China: Crianças mal criadas que pixam a carteira e são obrigadas a limpar com álcool é um caso até que comum, porém em algumas escolas da China as crianças ajudam a limpar cadeiras e escrivaninhas como parte da aula. Apesar da ajuda das crianças serem bem vistas para o desenvolvimento pessoal um colégio chinês foi um pouco além quando obrigou as crianças a lavarem as janelas do terceiro andar do colégio, pelo lado de fora e sem qualquer equipamento de segurança! A diretoria disse que o ato promove a bravura, outros dizem que o ato apenas promove a morte. (fonte)

18 – Estudantes trocam suco de maça da máquina por urina

Palm Harbor, Florida: Um calouro ficou extremamente surpreso quando percebeu que a maquina de suco de maça estava com o cheiro e o gosto muito forte. Após investigação descobriram que aparentemente dois alunos tinham arrombado a máquina, roubado a garrafa de suco de maça, esvaziado e recolocado a mesma garrafa preenchida com mijo. A polícia descobriu graças a um telefonema anônimo e os estudantes acabaram confessando. A máquina foi trocada. Só por precaução. (fonte)

17 – Cigarro Marlboro patrocinando uniformes dos estudantes

KunMing Province, China: Como efeito da abertura da China ao capitalismo, empresas ocidentais resolveram patrocinar uniformes estudantis. Em forma de macacão de formula 1, alguns patrocinadores como a Shell e a Ferrari cederam casacos aos estudantes porém uma marca chamou a atenção dos pais dos alunos, nada mais nada menos que a marca de cigarros Marlboro.
(fonte)

16 – Professor se veste de bandido para assustar alunos

Murfreesboro, Tennessee: Menos de um mês após o tiroteio de 2007 em uma escola na Virginia, um professor achou que já estava em tempo para uma brincadeira de mal gosto e fazendo cara de quem estava apavorado disse aos alunos que recebeu a noticia de que um atirador estava na escola. As crianças se jogaram no chão chorando e rezando para que nada acontecessem e ficaram lá durante 5 minutos. Não contente com o pânico estabelecido o professor saiu da sala, colocou um capuz e um moleton e voltou gritando e fingindo ser os assaltantes. A brincadeira lhe rendeu um belo de um processo dos pais e a demissão na escola. Além de uma experiência inesquecível, para os alunos, é claro. (fonte)

15 – A professora que a noite era prostituta

Bellefontaine, Ohio: Essa vai mexer com a fantasia de alguns leitores.. Amber Carter de 35 anos, ja era professora por 13 anos quando descobriram que a noite era tinha um outro trabalho, incomum para uma professora, prostituta. Para piorar ela pulou uma aula, dando bolo nos alunos, para se encontrar com um cliente e usou um computador da escola para marcar o encontro. Para sua defesa, ao menos ela era registrada legalmente na carteira como prostituta. Isso que dar não conferir o currículo antes de contratar. (fonte)

14 – Mãe da biscoitos com laxante para professora da filha, que distribuiu para toda a classe

Skowhegan, Maine: Uma filha zangada com a professora, e uma mãe realmente vingativa. Um ótimo começo para um filme de terror porém um péssimo para uma escola. Julie Hunt de 43 pegou as dores da filha de 13 anos que tirava sempre nota baixa em determinada matéria e preparou biscoitos com laxante esmagado especialmente para sua professora. Para ter certeza de que a professora iria comer colocou um bilhete em cima que dizia: “Fizemos estes cookies especialmente para você, espero que goste”. Porém para azar da classe a professora não estava com fome e decidiu distribuir os biscoitos para a classe que teve uma diarréia conjunta em cadeia. Hunt foi condenada a cumprir 50 horas de serviço comunitário pela brincadeira. (fonte)

CONTINUE LENDO AS HISTÓRIAS BIZARRAS DE COLÉGIO
tem de professor que viu filme porno em projetor por engano
até o que imitou um gorila fazendo sexo com um aluno! e foi expulso

13 – Professor que ensinava moral e bons costumes agride aluno de 14 anos

Greensboro, North Carolina: o professor, Robert Bullard, era novo na escola e foi convidado para dar aula sobre assuntos cotidianos, moral e bons costumes. No terceiro mês de aula Robert Bullard foi demitido após agredir um aluno de 14 anos com diversos socos na cara, e só parou a agressão após ser seguro por outros alunos. O professor se declarou culpado e pegou 150 dias de prisão, que acabou sendo revertida em 5 anos de prisão domiciliar pois ao checar sua ficha criminal a policia descobriu que ele já tinha sido preso por atacar um homem com um troféu. Certamente não era o troféu de melhor professor do ano. (fonte)

12 – Professor assiste vídeo porno durante a aula, porém seu monitor estava ligado em um projetor

Phoenix, Arizona: Um professor na faculdade de fotografia esqueceu da regra número um de quando se esta vendo material pornográfico: certifique-se que ninguém está vendo o que você está fazendo. É verdade que não tinha ninguém bisbilhotando seu monitor, o problema foi que o professor esqueceu que sua tela estava sendo compartilhada com um projetor e todos os alunos viram o vídeo pornô junto com o professor descuidado. No momento, a faculdade procura um professor de fotografia mais qualificado para dar aula.  (fonte)

11 – Aluno fica em chamas em aula sobre cuidados com fogo

Chandler, Arizona: Tragédia e ironia se encontraram em uma aula sobre segurança com fogo que os bombeiros sempre fazem nas escolas. Um aluno engraçadinho, rindo por a aula ser aparentemente inútil, brincou com seu isqueiro e acabou pegando fogo. Após momentos de pânico e procedimentos padrão dos bombeiros o aluno saiu com uma queimadura de segundo grau nas costas. (fonte)

10 – O professor que se recusa a cortar a barba até que Bin Laden seja capturado

Ephrata, Washington: Dependendo do seu ponto de vista, o professor de ensino médio e ciências Gary Weddle, 46, ou é patriota ou insano. Talvez um pouco dos dois. E provavelmente não higiênico. Desde os atentados do 11 de Setembro em 2001 ele jurou não fazer a barba até que o terrorista Bin Laden fosse capturado. Anos se passaram e a sua barba continua crescendo, porém sua esposa não está tão satisfeita com a sua determinação como ele. (fonte)

9 – Professor recebe suborno para deixar os alunos sairem da aula

Pensacola, Florida: O professor do colegial, Terence Braxton, 28, teve a brilhante idéia de subornar seus alunos mais folgados. Ele cobrava 1 dólar para quem quisesse sair da aula e ir passear pelo pátio. Dedurado, possivelmente por um nerd, o professor foi detido e condenado a 300 horas de serviço comunitário. 6 alunos reclamaram na polícia por 230 dólares que queriam de volta. Possivelmente esses ai não eram nada nerds. (fonte)

8 – O professor chupador de pescoços

Missoula, Montana: Certo dia, sem motivo aparente, o professor Dan Kucera, deu uma chave de braço em um aluno, no meio da sala de aula e lhe tascou uma chupada no pescoço tão forte que ficou com uma marca horrível. O professor foi demitido, segundo a escola por “he made a stupid mistake”. (fonte)

7 – O professor que tinha fetiche por pés

Lorain, Ohio: Robert Holloway resolveu fazer uma aposta inofensiva. Se perdesse uma partida de vôlei para os alunos ele iria pagar 15 dólares para cada e ia beijar seus pés como sinal de superioridade dos vencedores. Os alunos toparam, e Robert Holloway acabou perdendo o jogo! Como sempre cumpre sua palavra, o professor fez o pagamento aos alunos e beijou seus pés, mas ao invés de beijar 1 vez o pé de cada um, ele beijou CINQUENTA VEZES o pé de cada aluno do sexo masculino. Assustados os alunos comentaram o fato com seus pais, que comentaram com a diretoria, que comentou com a policia que investigou e achou mais de 400 fotos de fetiches com pés no computador que Robert usava na escola! Pressionado, o professor pediu demissão, motivo? ” Imposiçao sexual”. (fonte)

6 – Tempos de violência

Washington, DC: Diretores de escolas em bairros perigosos de Washington estavam com problemas para achar professores com coragem de lecionar em suas escolas. A solução foi criar um seguro por assassinato. Caso o professor for assassinado em aula ganharia 150 mil dólares do seguro para a família. O pior é que a morte acidental só paga 50 mil. (fonte)

5 – Alunos chineses que faziam tirolesa para chegar a escola

Alunos de uma pequena aldeia na China tinham que usar de técnicas de tirolesa para atravessar um rio e chegar até a escola. A corda em que passavam ficava a 600 pés de altura. Após o caso ser divulgado na TV, a prefeitura conseguiu dinheiro para comprar uma ponte ligando os 2 lados. (fonte)

4 – Aluno é preso por causa do horário de verão

Greensburg, Pennsylvania: Um aluno que foi acusado de soltar uma bomba no teatro da escola e mandado para a prisão. Sua estadia na prisão, porém, só durou 12 dias, já que ficou constatada que a prova usada pela escola estava errada. A diretoria levantou uma ligação do estudantes as 13h37, mesma hora de uma ligação no celular do rapaz, o problema foi que os Estados Unidos estavam em horário de verão e a ligação sobre a bomba na verdade tinha sido feita 1 hora mais cedo, não coincidindo com o celular do aluno. (fonte)

3 – Professor simula sexo de gorila em aluno

Lexington, South Carolina: Harold Skinner, professor de teatro dramático, poderia ser acusado de ser, digamos..dramático demais. Em uma de suas aulas sobre improvisação Harold agarrou um aluno do fundão e xinxou-o várias vezes com sua pélvis em uma cena que seria a de um gorila fazendo sexo com a fêmea. O aluno que foi praticamente estuprado por um pseudo-gorila não achou nada engraçada a atuação excêntrica do professor e o denunciou a polícia, que não pensou 2 vezes em prende-lo. (fonte)

2 – A professora que atacou fezes no aluno

Toronto, Canada: Maria Pantaleão, se confessou culpada por ter atacado fezes em uma aluna pelo fato de estar stressada com a bagunça das crianças. A professora foi afastada e obrigada a ficar longe de menores de 16 anos até ser transferida para outro emprego. Imagina, você bagunçando em aula e toma um cocô na fuça!? Que momento mágico. (fonte)

1 – Professor brasileiro pede para que os alunos se masturbem em aula

Rio de Janeiro, Brazil: Essa é brazuca hein! E já aconteceu um caso aqui em Santos – SP também. Um professor de biologia que estudava organismos no microscópio pediu para que os alunos se masturbassem e entregassem “amostras” para a aula. Apesar da ciência ser algo lindo, eles recusaram. Para o bem da nação. Ah! O que aconteceu com o professor? Nada.
(fonte)

ns.buzz
27
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).
Mar.09
17

20 histórias assustadoras (e verdadeiras) que fazem seu colégio parecer normal

0 comentários27 ns.buzz

A lista é extensa, 100% verdadeira e vale a leitura, no final tem o link da fonte de cada uma ok?

Quero ver os comentários de coisas bizarras que já aconteceram com vocês na escola e que poderiam entrar nessa lista…!


20 – A professora cheiradora de cocaína

Lewiston, New York: Joan Donatelli de 59 anos, estava perto da sua aposentadoria, porém nos seus últimos dias de aula resolveu ficar um pouquinho mais animado que o normal. Infelizmente ela tomou essa decisão durante a aula da quarta séria. Dois estudantes relataram a polícia que tinham visto a professora mergulhar sua caneta repetitivamente em uma sacola com pó branco e cheirar pelo tubo enquanto lecionava para os alunos a menos de 5 metros de distância. Após ser pressionada pela polícia a professora cheiradora confessou que usava cocaína durante as aulas e foi condenada a 100 horas de serviços comunitários, presumo que não envolvendo crianças, né? (fonte)

19 – Os estudantes que foram obrigados a lavar as janelas da escola, no terceiro andar, pelo lado de fora

Beijin, China: Crianças mal criadas que pixam a carteira e são obrigadas a limpar com álcool é um caso até que comum, porém em algumas escolas da China as crianças ajudam a limpar cadeiras e escrivaninhas como parte da aula. Apesar da ajuda das crianças serem bem vistas para o desenvolvimento pessoal um colégio chinês foi um pouco além quando obrigou as crianças a lavarem as janelas do terceiro andar do colégio, pelo lado de fora e sem qualquer equipamento de segurança! A diretoria disse que o ato promove a bravura, outros dizem que o ato apenas promove a morte. (fonte)

18 – Estudantes trocam suco de maça da máquina por urina

Palm Harbor, Florida: Um calouro ficou extremamente surpreso quando percebeu que a maquina de suco de maça estava com o cheiro e o gosto muito forte. Após investigação descobriram que aparentemente dois alunos tinham arrombado a máquina, roubado a garrafa de suco de maça, esvaziado e recolocado a mesma garrafa preenchida com mijo. A polícia descobriu graças a um telefonema anônimo e os estudantes acabaram confessando. A máquina foi trocada. Só por precaução. (fonte)

17 – Cigarro Marlboro patrocinando uniformes dos estudantes

KunMing Province, China: Como efeito da abertura da China ao capitalismo, empresas ocidentais resolveram patrocinar uniformes estudantis. Em forma de macacão de formula 1, alguns patrocinadores como a Shell e a Ferrari cederam casacos aos estudantes porém uma marca chamou a atenção dos pais dos alunos, nada mais nada menos que a marca de cigarros Marlboro.
(fonte)

16 – Professor se veste de bandido para assustar alunos

Murfreesboro, Tennessee: Menos de um mês após o tiroteio de 2007 em uma escola na Virginia, um professor achou que já estava em tempo para uma brincadeira de mal gosto e fazendo cara de quem estava apavorado disse aos alunos que recebeu a noticia de que um atirador estava na escola. As crianças se jogaram no chão chorando e rezando para que nada acontecessem e ficaram lá durante 5 minutos. Não contente com o pânico estabelecido o professor saiu da sala, colocou um capuz e um moleton e voltou gritando e fingindo ser os assaltantes. A brincadeira lhe rendeu um belo de um processo dos pais e a demissão na escola. Além de uma experiência inesquecível, para os alunos, é claro. (fonte)

15 – A professora que a noite era prostituta

Bellefontaine, Ohio: Essa vai mexer com a fantasia de alguns leitores.. Amber Carter de 35 anos, ja era professora por 13 anos quando descobriram que a noite era tinha um outro trabalho, incomum para uma professora, prostituta. Para piorar ela pulou uma aula, dando bolo nos alunos, para se encontrar com um cliente e usou um computador da escola para marcar o encontro. Para sua defesa, ao menos ela era registrada legalmente na carteira como prostituta. Isso que dar não conferir o currículo antes de contratar. (fonte)

14 – Mãe da biscoitos com laxante para professora da filha, que distribuiu para toda a classe

Skowhegan, Maine: Uma filha zangada com a professora, e uma mãe realmente vingativa. Um ótimo começo para um filme de terror porém um péssimo para uma escola. Julie Hunt de 43 pegou as dores da filha de 13 anos que tirava sempre nota baixa em determinada matéria e preparou biscoitos com laxante esmagado especialmente para sua professora. Para ter certeza de que a professora iria comer colocou um bilhete em cima que dizia: “Fizemos estes cookies especialmente para você, espero que goste”. Porém para azar da classe a professora não estava com fome e decidiu distribuir os biscoitos para a classe que teve uma diarréia conjunta em cadeia. Hunt foi condenada a cumprir 50 horas de serviço comunitário pela brincadeira. (fonte)

CONTINUE LENDO AS HISTÓRIAS BIZARRAS DE COLÉGIO
tem de professor que viu filme porno em projetor por engano
até o que imitou um gorila fazendo sexo com um aluno! e foi expulso

13 – Professor que ensinava moral e bons costumes agride aluno de 14 anos

Greensboro, North Carolina: o professor, Robert Bullard, era novo na escola e foi convidado para dar aula sobre assuntos cotidianos, moral e bons costumes. No terceiro mês de aula Robert Bullard foi demitido após agredir um aluno de 14 anos com diversos socos na cara, e só parou a agressão após ser seguro por outros alunos. O professor se declarou culpado e pegou 150 dias de prisão, que acabou sendo revertida em 5 anos de prisão domiciliar pois ao checar sua ficha criminal a policia descobriu que ele já tinha sido preso por atacar um homem com um troféu. Certamente não era o troféu de melhor professor do ano. (fonte)

12 – Professor assiste vídeo porno durante a aula, porém seu monitor estava ligado em um projetor

Phoenix, Arizona: Um professor na faculdade de fotografia esqueceu da regra número um de quando se esta vendo material pornográfico: certifique-se que ninguém está vendo o que você está fazendo. É verdade que não tinha ninguém bisbilhotando seu monitor, o problema foi que o professor esqueceu que sua tela estava sendo compartilhada com um projetor e todos os alunos viram o vídeo pornô junto com o professor descuidado. No momento, a faculdade procura um professor de fotografia mais qualificado para dar aula.  (fonte)

11 – Aluno fica em chamas em aula sobre cuidados com fogo

Chandler, Arizona: Tragédia e ironia se encontraram em uma aula sobre segurança com fogo que os bombeiros sempre fazem nas escolas. Um aluno engraçadinho, rindo por a aula ser aparentemente inútil, brincou com seu isqueiro e acabou pegando fogo. Após momentos de pânico e procedimentos padrão dos bombeiros o aluno saiu com uma queimadura de segundo grau nas costas. (fonte)

10 – O professor que se recusa a cortar a barba até que Bin Laden seja capturado

Ephrata, Washington: Dependendo do seu ponto de vista, o professor de ensino médio e ciências Gary Weddle, 46, ou é patriota ou insano. Talvez um pouco dos dois. E provavelmente não higiênico. Desde os atentados do 11 de Setembro em 2001 ele jurou não fazer a barba até que o terrorista Bin Laden fosse capturado. Anos se passaram e a sua barba continua crescendo, porém sua esposa não está tão satisfeita com a sua determinação como ele. (fonte)

9 – Professor recebe suborno para deixar os alunos sairem da aula

Pensacola, Florida: O professor do colegial, Terence Braxton, 28, teve a brilhante idéia de subornar seus alunos mais folgados. Ele cobrava 1 dólar para quem quisesse sair da aula e ir passear pelo pátio. Dedurado, possivelmente por um nerd, o professor foi detido e condenado a 300 horas de serviço comunitário. 6 alunos reclamaram na polícia por 230 dólares que queriam de volta. Possivelmente esses ai não eram nada nerds. (fonte)

8 – O professor chupador de pescoços

Missoula, Montana: Certo dia, sem motivo aparente, o professor Dan Kucera, deu uma chave de braço em um aluno, no meio da sala de aula e lhe tascou uma chupada no pescoço tão forte que ficou com uma marca horrível. O professor foi demitido, segundo a escola por “he made a stupid mistake”. (fonte)

7 – O professor que tinha fetiche por pés

Lorain, Ohio: Robert Holloway resolveu fazer uma aposta inofensiva. Se perdesse uma partida de vôlei para os alunos ele iria pagar 15 dólares para cada e ia beijar seus pés como sinal de superioridade dos vencedores. Os alunos toparam, e Robert Holloway acabou perdendo o jogo! Como sempre cumpre sua palavra, o professor fez o pagamento aos alunos e beijou seus pés, mas ao invés de beijar 1 vez o pé de cada um, ele beijou CINQUENTA VEZES o pé de cada aluno do sexo masculino. Assustados os alunos comentaram o fato com seus pais, que comentaram com a diretoria, que comentou com a policia que investigou e achou mais de 400 fotos de fetiches com pés no computador que Robert usava na escola! Pressionado, o professor pediu demissão, motivo? ” Imposiçao sexual”. (fonte)

6 – Tempos de violência

Washington, DC: Diretores de escolas em bairros perigosos de Washington estavam com problemas para achar professores com coragem de lecionar em suas escolas. A solução foi criar um seguro por assassinato. Caso o professor for assassinado em aula ganharia 150 mil dólares do seguro para a família. O pior é que a morte acidental só paga 50 mil. (fonte)

5 – Alunos chineses que faziam tirolesa para chegar a escola

Alunos de uma pequena aldeia na China tinham que usar de técnicas de tirolesa para atravessar um rio e chegar até a escola. A corda em que passavam ficava a 600 pés de altura. Após o caso ser divulgado na TV, a prefeitura conseguiu dinheiro para comprar uma ponte ligando os 2 lados. (fonte)

4 – Aluno é preso por causa do horário de verão

Greensburg, Pennsylvania: Um aluno que foi acusado de soltar uma bomba no teatro da escola e mandado para a prisão. Sua estadia na prisão, porém, só durou 12 dias, já que ficou constatada que a prova usada pela escola estava errada. A diretoria levantou uma ligação do estudantes as 13h37, mesma hora de uma ligação no celular do rapaz, o problema foi que os Estados Unidos estavam em horário de verão e a ligação sobre a bomba na verdade tinha sido feita 1 hora mais cedo, não coincidindo com o celular do aluno. (fonte)

3 – Professor simula sexo de gorila em aluno

Lexington, South Carolina: Harold Skinner, professor de teatro dramático, poderia ser acusado de ser, digamos..dramático demais. Em uma de suas aulas sobre improvisação Harold agarrou um aluno do fundão e xinxou-o várias vezes com sua pélvis em uma cena que seria a de um gorila fazendo sexo com a fêmea. O aluno que foi praticamente estuprado por um pseudo-gorila não achou nada engraçada a atuação excêntrica do professor e o denunciou a polícia, que não pensou 2 vezes em prende-lo. (fonte)

2 – A professora que atacou fezes no aluno

Toronto, Canada: Maria Pantaleão, se confessou culpada por ter atacado fezes em uma aluna pelo fato de estar stressada com a bagunça das crianças. A professora foi afastada e obrigada a ficar longe de menores de 16 anos até ser transferida para outro emprego. Imagina, você bagunçando em aula e toma um cocô na fuça!? Que momento mágico. (fonte)

1 – Professor brasileiro pede para que os alunos se masturbem em aula

Rio de Janeiro, Brazil: Essa é brazuca hein! E já aconteceu um caso aqui em Santos – SP também. Um professor de biologia que estudava organismos no microscópio pediu para que os alunos se masturbassem e entregassem “amostras” para a aula. Apesar da ciência ser algo lindo, eles recusaram. Para o bem da nação. Ah! O que aconteceu com o professor? Nada.
(fonte)

ns.buzz
27
  • Belo abençoa carreira de MC Champions
  • 252 - Links da Semana
  • Compilado de Sofrência do Pablo do Arrocha
  • Mulher com 10 maridos se machuca com amante em acidente no Paraná
  •  Aula sobre dar ou não no primeiro encontro
  • O Instagram fuma maconha?