mar.14
13

8 casos estranhos de aparições e contatos alienígenas no Brasil

comentários 0 ns.buzz


Se vc acha que o Bilú é o único ET a pisar em terras brasileiras tá totalmente enganado. Relatos que vão de sexo a uso de aviões militares vão te deixar com aquele sentimento de dúvida sobre a existência de vida alienígena. Clique aqui e senta que lá vem história!



A noite dos OVNIS em 1986

Um dos casos mais conhecidos de aparições de OVNIS o Brasil aconteceu em 1986, na época, com direito a pronunciamento oficial da aeronáutica, o fato conhecido como “A noite oficial dos OVNIS” foi destaque em toda imprensa brasileira e até hoje segue um mistério. Objetos voadores não identificados aparecem nas proximidades do aeroporto de São José dos Campos, após confirmação no radar em São Paulo e Brasília, um F-5E sai da Base Aérea de Santa Cruz, Rio de Janeiro, rumo a São José dos Campos.

O tenente Kleber Caldas Marinho chega a fazer contato visual com os objetos voadores, que, segundo ele, atingem velocidade superior a 1000km/h. Na ocasião 3 jatos Mirage saíram em busca dos objetos. Sem sucesso. O fato até hoje é cercado de mistérios pois acredita-se que a Aeronáutica não revelou todos os detalhes da ação.



Caso Villas Boas, o homem que transou com a ET

Um caso um tanto quanto estranho aconteceu há mais de 50 anos, precisamente em 1957 no interior de Minas Gerais. Antônio Villas Boa era um agricultor que passou por algumas experiências nada convencionais com alienígenas, tudo começou quando luzes estranhas rondaram sua casa durante a madrugada do dia 14 de outubro. No dia seguinte mais um contato, dessa vez ele estava acompanhado do irmão até que na madrugada do dia 16 de outubro a abdução finalmente aconteceu. Segundo os relatos do próprio Villas Boa, ele foi levado por 5 criaturas que apesar pequenas, eram muito fortes. Ele foi levado a uma sala onde foi posto sobre uma mesa e logo após recebeu uma sangria no queixo.

Após respirar um gás com cheiro desagradável, surge na sala uma mulher da altura de seus ombros, com os cabelos loiros quase prateados e com grandes olhos azuis, amendoados. Os pelos pubianos eram vermelhos. Após transarem por várias vezes, a mulheres se cansou e saiu da sala. Logo após os alienígenas voltam com as roupas de Villas Boas e então às 5:30hrs da madrugada ele é devolvido a Terra. Villas Boas ainda tentou roubar um objeto para provar sua história, mas foi descoberto pelos ETs que, segundo ele, usavam uma roupa colante. Villas Boas acredita ter sido parte de uma experiência genética e os aliens estavam atrás de um filho híbrido de sua raça com humanos. O fato carece de provas, mas análises provam que Villas Boas tinha em seu corpo contaminação por radiação leve.



A Operação Prato

Uma operação militar que durou 4 meses e envolveu cerca de 20 militares é um dos mais famosos casos de aparições de OVNIS no Brasil, sendo tema inclusive de um documentário no History Channel com o nome “O Caso Roswell Brasileiro“. A operação aconteceu na cidade de Colares – Pará entre os anos de 1977 e 1978. A operação foi executada pela Força Aérea Brasileira e os registros só começaram a ser divulgados em 2008. Até hoje é a maior operação realizada no Brasil.


Moradores da cidade de Colares no estado do Pará a tempos vinham relatando aparições de luzes estranhas que causavam queimaduras nas pessoas. A operação teve início quando o hospital da cidade começou a receber inúmeras vítimas e a notícia se espalhou. No comando da operação estava o Capitão Uyrangê Bolivar Soares Nogueira de Hollanda Lima, que após revelar fatos estranhos acontecidos no local para uma entrevista em 1997, foi encontrado morto. Alguns acreditam que foi queima de arquivo, outros, que devido a exposição as naves e luzes estranhas, Cap. Holanda caiu em forte depressão que culminou em suicídio. Até hoje as luzes e OVNIS que causaram as queimaduras permanecem um mistério, moradores ribeirinhos do local diziam que criaturas luminosas saiam das naves. Várias testemunhas foram entrevistadas na época e a luz que causava as queimaduras ficou conhecida como “chupa chupa“.



O Caso Baependi: OVNIS fotografados

Em 1979 na cidade de Baependi, Minas Gerais, o jovem Arlindo Gabriel dos Santos teve contato de terceiro grau com alienígenas e alguns fatos até hoje permanecem sem explicações. O primeiro deles são as fotos que Arlindo tirou das naves, ao todo foram 3 OVNIS avistados até que Arlindo fosse levado para dentro de uma delas. Lá encontrou 5 alienígenas, com a aparência humana e entre eles um que se parecia com uma mulher. Ela mostrou a Arlindo fotos da Lua e de outro planeta, tudo através de uma “varinha” que acionava um monitor. Arlindo disse que os alienígenas eram pacíficos e citaram o nome de Deus. Outro fato estranho é o local onde a nave pousou, segundo ufólogos somente um objeto com mais de 2 toneladas poderiam deixar marcas tão fortes na grama.

Além das fotos e das marcas, uma bolsa de Arlindo foi levada e logo após encontrada. Porém a bolsa estava cheia de marcações e uma escrita até hoje não identificada, alguns especialistas em linguística dizem que se assemelha ao aramaico. Arlindo está vivo e ainda confirma a história, alguns anos atrás deu uma entrevista ao Globo Repórter. Assista:



O contato de Tiago Machado

Tarde do dia 5 de fevereiro de 1969. A cidade de Pirassununga no interior de São Paulo é palco de mais um relato de aparições de OVNIS e contatos com aliens. Dessa vez, vários habitantes da cidade alegam terem visto no céu uma luz forte que descia até o chão, um morador do local chamado Tiago Machado estava próximo da luz e resolveu ir até o local. Tiago viu então uma luz forte que assim que ele se aproximava foi ficando mais fraca. A nave dos aliens então pousou e os tripulantes desceram, Tiago os descreveu: “rosto tinha pele lisa, amarelada, com uma cicatriz em cada bochecha. O olho esquerdo ficava em nível mais alto do que o direito. Lábios finos, nariz achatado, olhos amarelo-escuro, sem pupila e sem esclerótica. Duas rugas paralelas acima dos olhos sem cílios nem pálpebras. O queixo dava a impressão de estar fugindo para trás…“.

Tiago tentou contato, porém sem sucesso. Alguns minutos depois ele foi encontrado por duas vizinhas caído no chão, em estado de choque pedindo por água. Ao ser levado ao hospital, o médico não encontrou ferimentos graves e relatou que Tiago estava em total histeria e seus olhos se movimentavam muito. Segundo a mãe, Tiago dormiu por dois dias. Além de várias testemunhas oculares do evento misterioso, o contato de Tiago atraiu a atenção do SIOANI, na época, um departamento da Força Aérea Brasileira responsável por casos assim. Fotos de onde a suposta nave pousou foram tiradas na época e desenhos de Tiago foram levados:



Alien vai atrás de água em Sanatório

Aconteceu em Lins (SP), em 25 de agosto de 1968, no Hospital Serafim Correa. Uma enfermeira afirma ter tido contato com um alienígena que veio até ela de forma amigável. Tudo começou na madrugada, por volta das 5 da manhã quando a enfermeira D. Maria José Cintra levantou para fazer sua oração diária. Ela avistou luzes do lado de fora do hospital, quando desceu até a porta para ver o que estava acontecendo, se deparou com uma mulher de cerca de 1,60 metros, usando capacete e roupas não convencionais. A mulher não pronunciava uma palavra e sacou uma espécie de frasco. Dona Maria achou que se tratava de um acidente e a mulher procurava por água, mas o ser não respondia a nenhuma das perguntas da enfermeira. Dona Maria relata que a mulher pronunciou apenas palavras cujo som era parecido com “embarúra“.

O local onde a nave pousou deixou marcas e logo o hospital recebeu a visita do Major Zani, investigador do SIOANI. Dona Maria foi interrogada e chegou a fazer uma reconstituição do caso. O incidente teve grande repercussão em jornais e rádio. Nas fotos abaixo, o local onde a nave pousou, Dona Maria ao lado do Major Zani e um desenho feito por ela do OVNI.




Caso VASP – Voo 169

Aconteceu em 8 de fevereiro de 1982 um dos mais conhecidos e inexplicáveis casos de OVNIS no Brasil e mundo, sendo testemunhado por mais de 100 pessoas. Todos os tripulantes foram testemunhas oculares de uma luz brilhante semelhante a uma nave, que acompanhou o avião durante o voo que fazia de Fortaleza a São Paulo. O avião partiu de Fortaleza às 1:50 da madrugada e ao se aproximar da cidade de Petrolina, já em Pernambuco, o comandante avistou uma luz ao lado da nave. Pensando se tratar de outro avião, ele tentou contato, porém sem sucesso. Segundo o comandante o objeto era “vermelho e laranja nas bordas e no centro branco-azulado“.

O comandante então entrou em contato com a torre em Brasília, que emitiu um alerta para outras aeronaves, se caso elas vissem o estranho objeto que reportassem. Duas avistaram: Aerolíneas Argentinas, vôo 169 e Transbrasil, vôo 177. O comandante então avisou a tripulação sobre o fato, nesse momento o objeto se aproximou ainda mais da nave e a torre em Brasília finalmente o detectou no radar. Ao se aproximar do aeroporto do Galeão, o objeto disparou em altíssima velocidade e não foi mais avistado. O comandante Brito redigiu um relatório interno para a VASP. Outro caso até hoje sem maiores detalhes ou explicações.




ET De Varginha

O nosso caso mais famoso de contato com alienígenas aconteceu na cidade de Varginha – Minas Gerais em 20 de janeiro de 1996. Na ocasião, três meninas avistaram em um terreno abandonado o que seria um alien, ela se assustaram e acharam se tratar de um demônio. Os estranhos acontecimentos que ocorreram a seguir despertaram a atenção da mídia não só brasileira como mundial. Enquanto por aqui acabou virando piada e transformando a cidade em ponto turístico, até hoje o caso é estudado por especialistas de vários países.

As meninas encontravam-se nitidamente abaladas pelo que viram e permaneceram assim durante dias. A mãe de uma delas, em entrevista ao programa “Comando da Madrugada”, revelou ter sido procurada por 3 homens de terno que ofereceram dinheiro para que elas viessem a público desmentir a história. O contato aconteceu as 15:30hrs, pouco antes, as 10:00hrs várias pessoas afirmam terem avistado outro alien que teria sido capturado pelos militares. A presença intensa do exército na cidade também é confirmada por muitos habitantes.

Logo depois do alien das 15:30hrs ser avistado pelas 3 meninas, a mãe de uma delas ligou para o corpo de bombeiros. Foram eles quem capturaram o alien e o levaram para o hospital, sendo inclusive que um desses bombeiros, Marco Chereze, morreu de forma misteriosa. Testemunhas dizem que ele teve contato direto com o alien. A movimentação intensa de militares, várias testemunhas oculares, pouso de aviões norte americanos em aeroporto próximo dias após o incidente e relatos de aparições de OVNIS fazem do caso um dos maiores mistérios do Brasil. O que poucos sabem é que não se trata do ET, e sim de ETs.



Hj eu não durmo…
É meus amigos, os ets gostaram mesmo do Brasil e direto estão por aqui. O último relato foi do Carlos Vereza que implorou pra ser levado.. UHAUAHUAH

ns.buzz
0
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).
mar.14
13

8 casos estranhos de aparições e contatos alienígenas no Brasil

comentários 0 ns.buzz


Se vc acha que o Bilú é o único ET a pisar em terras brasileiras tá totalmente enganado. Relatos que vão de sexo a uso de aviões militares vão te deixar com aquele sentimento de dúvida sobre a existência de vida alienígena. Clique aqui e senta que lá vem história!



A noite dos OVNIS em 1986

Um dos casos mais conhecidos de aparições de OVNIS o Brasil aconteceu em 1986, na época, com direito a pronunciamento oficial da aeronáutica, o fato conhecido como “A noite oficial dos OVNIS” foi destaque em toda imprensa brasileira e até hoje segue um mistério. Objetos voadores não identificados aparecem nas proximidades do aeroporto de São José dos Campos, após confirmação no radar em São Paulo e Brasília, um F-5E sai da Base Aérea de Santa Cruz, Rio de Janeiro, rumo a São José dos Campos.

O tenente Kleber Caldas Marinho chega a fazer contato visual com os objetos voadores, que, segundo ele, atingem velocidade superior a 1000km/h. Na ocasião 3 jatos Mirage saíram em busca dos objetos. Sem sucesso. O fato até hoje é cercado de mistérios pois acredita-se que a Aeronáutica não revelou todos os detalhes da ação.



Caso Villas Boas, o homem que transou com a ET

Um caso um tanto quanto estranho aconteceu há mais de 50 anos, precisamente em 1957 no interior de Minas Gerais. Antônio Villas Boa era um agricultor que passou por algumas experiências nada convencionais com alienígenas, tudo começou quando luzes estranhas rondaram sua casa durante a madrugada do dia 14 de outubro. No dia seguinte mais um contato, dessa vez ele estava acompanhado do irmão até que na madrugada do dia 16 de outubro a abdução finalmente aconteceu. Segundo os relatos do próprio Villas Boa, ele foi levado por 5 criaturas que apesar pequenas, eram muito fortes. Ele foi levado a uma sala onde foi posto sobre uma mesa e logo após recebeu uma sangria no queixo.

Após respirar um gás com cheiro desagradável, surge na sala uma mulher da altura de seus ombros, com os cabelos loiros quase prateados e com grandes olhos azuis, amendoados. Os pelos pubianos eram vermelhos. Após transarem por várias vezes, a mulheres se cansou e saiu da sala. Logo após os alienígenas voltam com as roupas de Villas Boas e então às 5:30hrs da madrugada ele é devolvido a Terra. Villas Boas ainda tentou roubar um objeto para provar sua história, mas foi descoberto pelos ETs que, segundo ele, usavam uma roupa colante. Villas Boas acredita ter sido parte de uma experiência genética e os aliens estavam atrás de um filho híbrido de sua raça com humanos. O fato carece de provas, mas análises provam que Villas Boas tinha em seu corpo contaminação por radiação leve.



A Operação Prato

Uma operação militar que durou 4 meses e envolveu cerca de 20 militares é um dos mais famosos casos de aparições de OVNIS no Brasil, sendo tema inclusive de um documentário no History Channel com o nome “O Caso Roswell Brasileiro“. A operação aconteceu na cidade de Colares – Pará entre os anos de 1977 e 1978. A operação foi executada pela Força Aérea Brasileira e os registros só começaram a ser divulgados em 2008. Até hoje é a maior operação realizada no Brasil.


Moradores da cidade de Colares no estado do Pará a tempos vinham relatando aparições de luzes estranhas que causavam queimaduras nas pessoas. A operação teve início quando o hospital da cidade começou a receber inúmeras vítimas e a notícia se espalhou. No comando da operação estava o Capitão Uyrangê Bolivar Soares Nogueira de Hollanda Lima, que após revelar fatos estranhos acontecidos no local para uma entrevista em 1997, foi encontrado morto. Alguns acreditam que foi queima de arquivo, outros, que devido a exposição as naves e luzes estranhas, Cap. Holanda caiu em forte depressão que culminou em suicídio. Até hoje as luzes e OVNIS que causaram as queimaduras permanecem um mistério, moradores ribeirinhos do local diziam que criaturas luminosas saiam das naves. Várias testemunhas foram entrevistadas na época e a luz que causava as queimaduras ficou conhecida como “chupa chupa“.



O Caso Baependi: OVNIS fotografados

Em 1979 na cidade de Baependi, Minas Gerais, o jovem Arlindo Gabriel dos Santos teve contato de terceiro grau com alienígenas e alguns fatos até hoje permanecem sem explicações. O primeiro deles são as fotos que Arlindo tirou das naves, ao todo foram 3 OVNIS avistados até que Arlindo fosse levado para dentro de uma delas. Lá encontrou 5 alienígenas, com a aparência humana e entre eles um que se parecia com uma mulher. Ela mostrou a Arlindo fotos da Lua e de outro planeta, tudo através de uma “varinha” que acionava um monitor. Arlindo disse que os alienígenas eram pacíficos e citaram o nome de Deus. Outro fato estranho é o local onde a nave pousou, segundo ufólogos somente um objeto com mais de 2 toneladas poderiam deixar marcas tão fortes na grama.

Além das fotos e das marcas, uma bolsa de Arlindo foi levada e logo após encontrada. Porém a bolsa estava cheia de marcações e uma escrita até hoje não identificada, alguns especialistas em linguística dizem que se assemelha ao aramaico. Arlindo está vivo e ainda confirma a história, alguns anos atrás deu uma entrevista ao Globo Repórter. Assista:



O contato de Tiago Machado

Tarde do dia 5 de fevereiro de 1969. A cidade de Pirassununga no interior de São Paulo é palco de mais um relato de aparições de OVNIS e contatos com aliens. Dessa vez, vários habitantes da cidade alegam terem visto no céu uma luz forte que descia até o chão, um morador do local chamado Tiago Machado estava próximo da luz e resolveu ir até o local. Tiago viu então uma luz forte que assim que ele se aproximava foi ficando mais fraca. A nave dos aliens então pousou e os tripulantes desceram, Tiago os descreveu: “rosto tinha pele lisa, amarelada, com uma cicatriz em cada bochecha. O olho esquerdo ficava em nível mais alto do que o direito. Lábios finos, nariz achatado, olhos amarelo-escuro, sem pupila e sem esclerótica. Duas rugas paralelas acima dos olhos sem cílios nem pálpebras. O queixo dava a impressão de estar fugindo para trás…“.

Tiago tentou contato, porém sem sucesso. Alguns minutos depois ele foi encontrado por duas vizinhas caído no chão, em estado de choque pedindo por água. Ao ser levado ao hospital, o médico não encontrou ferimentos graves e relatou que Tiago estava em total histeria e seus olhos se movimentavam muito. Segundo a mãe, Tiago dormiu por dois dias. Além de várias testemunhas oculares do evento misterioso, o contato de Tiago atraiu a atenção do SIOANI, na época, um departamento da Força Aérea Brasileira responsável por casos assim. Fotos de onde a suposta nave pousou foram tiradas na época e desenhos de Tiago foram levados:



Alien vai atrás de água em Sanatório

Aconteceu em Lins (SP), em 25 de agosto de 1968, no Hospital Serafim Correa. Uma enfermeira afirma ter tido contato com um alienígena que veio até ela de forma amigável. Tudo começou na madrugada, por volta das 5 da manhã quando a enfermeira D. Maria José Cintra levantou para fazer sua oração diária. Ela avistou luzes do lado de fora do hospital, quando desceu até a porta para ver o que estava acontecendo, se deparou com uma mulher de cerca de 1,60 metros, usando capacete e roupas não convencionais. A mulher não pronunciava uma palavra e sacou uma espécie de frasco. Dona Maria achou que se tratava de um acidente e a mulher procurava por água, mas o ser não respondia a nenhuma das perguntas da enfermeira. Dona Maria relata que a mulher pronunciou apenas palavras cujo som era parecido com “embarúra“.

O local onde a nave pousou deixou marcas e logo o hospital recebeu a visita do Major Zani, investigador do SIOANI. Dona Maria foi interrogada e chegou a fazer uma reconstituição do caso. O incidente teve grande repercussão em jornais e rádio. Nas fotos abaixo, o local onde a nave pousou, Dona Maria ao lado do Major Zani e um desenho feito por ela do OVNI.




Caso VASP – Voo 169

Aconteceu em 8 de fevereiro de 1982 um dos mais conhecidos e inexplicáveis casos de OVNIS no Brasil e mundo, sendo testemunhado por mais de 100 pessoas. Todos os tripulantes foram testemunhas oculares de uma luz brilhante semelhante a uma nave, que acompanhou o avião durante o voo que fazia de Fortaleza a São Paulo. O avião partiu de Fortaleza às 1:50 da madrugada e ao se aproximar da cidade de Petrolina, já em Pernambuco, o comandante avistou uma luz ao lado da nave. Pensando se tratar de outro avião, ele tentou contato, porém sem sucesso. Segundo o comandante o objeto era “vermelho e laranja nas bordas e no centro branco-azulado“.

O comandante então entrou em contato com a torre em Brasília, que emitiu um alerta para outras aeronaves, se caso elas vissem o estranho objeto que reportassem. Duas avistaram: Aerolíneas Argentinas, vôo 169 e Transbrasil, vôo 177. O comandante então avisou a tripulação sobre o fato, nesse momento o objeto se aproximou ainda mais da nave e a torre em Brasília finalmente o detectou no radar. Ao se aproximar do aeroporto do Galeão, o objeto disparou em altíssima velocidade e não foi mais avistado. O comandante Brito redigiu um relatório interno para a VASP. Outro caso até hoje sem maiores detalhes ou explicações.




ET De Varginha

O nosso caso mais famoso de contato com alienígenas aconteceu na cidade de Varginha – Minas Gerais em 20 de janeiro de 1996. Na ocasião, três meninas avistaram em um terreno abandonado o que seria um alien, ela se assustaram e acharam se tratar de um demônio. Os estranhos acontecimentos que ocorreram a seguir despertaram a atenção da mídia não só brasileira como mundial. Enquanto por aqui acabou virando piada e transformando a cidade em ponto turístico, até hoje o caso é estudado por especialistas de vários países.

As meninas encontravam-se nitidamente abaladas pelo que viram e permaneceram assim durante dias. A mãe de uma delas, em entrevista ao programa “Comando da Madrugada”, revelou ter sido procurada por 3 homens de terno que ofereceram dinheiro para que elas viessem a público desmentir a história. O contato aconteceu as 15:30hrs, pouco antes, as 10:00hrs várias pessoas afirmam terem avistado outro alien que teria sido capturado pelos militares. A presença intensa do exército na cidade também é confirmada por muitos habitantes.

Logo depois do alien das 15:30hrs ser avistado pelas 3 meninas, a mãe de uma delas ligou para o corpo de bombeiros. Foram eles quem capturaram o alien e o levaram para o hospital, sendo inclusive que um desses bombeiros, Marco Chereze, morreu de forma misteriosa. Testemunhas dizem que ele teve contato direto com o alien. A movimentação intensa de militares, várias testemunhas oculares, pouso de aviões norte americanos em aeroporto próximo dias após o incidente e relatos de aparições de OVNIS fazem do caso um dos maiores mistérios do Brasil. O que poucos sabem é que não se trata do ET, e sim de ETs.



Hj eu não durmo…
É meus amigos, os ets gostaram mesmo do Brasil e direto estão por aqui. O último relato foi do Carlos Vereza que implorou pra ser levado.. UHAUAHUAH

ns.buzz
0
  • O cachorrinho que odeia carinho de maconheiro
  • 25 famosos que ficariam melhores de barba
  • GRANDES FIGURAS POLÍTICAS
  • Mc Brinquedo agora adolescente volta ao cenário musical com Roça Roça 2
  • Da licença que hoje eu não quero ser assaltado
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).