ago.09
12

Só tem pirigóticas heinnnn..

comentários 0 ns.buzz

Eu fui! mentira.

mas teve gente que foi, confira o depoimento

vi enquanto peregrinava no Yellow Cake

Tá tudo bem agora
por Hans Guro

retirado do blog Capanema – dica do @jhony_

Em mais uma demonstração de estoicismo e pura virilidade inconsequente, o borelón lókon que vos escreve praticamente seguiu seu Sentido Dragão (SD) e foi sozinho ao evento conhecido como “PIRIGÓTICAS“. Saí da minha casa à 1h20 e, a pé, cheguei ao local aproximadamente à 1h45, horário de Brasília. Não havia indicações de que o número 425 da Rua 7 de Abril fosse o tal Subsolo Espaço Alternativo, mas o grupinho de goths fumando na frente do estabelecimento não deixava dúvidas de que ali realmente acontecia o evento exclusivo para mulheres ousadas e com os mais variados estilos de sensualidade. (e também de que a lei antifumo veio pra ficar ). Só para me certificar de que estava no lugar certo, solicitei na recepção um flyer da festa da noite; portanto, tenho em mãos o famigerado convite polêmico que tanto despertou o interesse do boreloker. Um tanto quanto seguro, adentrei o recinto, e qual não foi a surpresa ao constatar que, ali, não havia Pirigóticas – por certo o convite estampava a data errada! -, mas sim, um tipo de evento mais popular (e muito menos atrativo), denominado (GOTH) SAUSAGE FEST

Desorientado pela falsa informação e pelo CC desagradável que poluia o ambiente , o gonzo logo tratou de se acalmar e notou que, apesar de terrivelmente desproporcional, havia mulheres no salão. Pelo que pude contar, cerca de SEIS, e a maioria delas tiraria um zero numa escala de 1 a 10. Mais contido e aliviado pelo fato de que ao menos não estava no porão de um HOMOSEXER-PEDORAPIST, segui rumo ao bar e pedi uma ÁGUA TÔNICA paumolescente. De um canto escuro, isto foi o que avistei:
– Uma xotaça loira goth dançando colada à cabine do DJ. Esta, um dos poucos resquícios de esperança na humanidade, logo se confirmou praticamente namorada do DJ, é claaaaaaaaro;
– Uma goth de cabelo verde-catarro sozinha no sofá, completamente catatônica, possivelmente também surpresa com o engano da organização;
– Um sujeito boa-praça vestindo uma camiseta com os dizeres “YES WE CAN” e uma foto de Barack Obama (à essa altura do campeonato I wanted to be his bro, mas antes que eu pudesse fazer qualquer coisa ele desapareceu do mapa);
– Vários goth dançando de maneira inusitada. E.g.: um sujeito de punhos enfaixados (!) desferia jabs no ar – possivelmente contra o INVISIBLE JESUS; um rapaz de jaqueta jeans executava o famoso passo THE HUSTLE, exceto que totalmente distorcido e nada parecido com o THE HUSTLE;
– Algumas barangas goth de 3º mundo vestidas de maneira inapropriada;
– Mais do que tudo, a ausência de Zap n’ Roll & Humberto Finatti.
Não mais que uma hora depois e absolutamente nada notório para relatar, resolvi entregar o jogo e caminhei rumo à Bela Vista, com o peso do mundo sobre meus ombros magros. Mas antes de encerrar a noite, o lókon maloker estava disposto a encarar mais um embate cultural. Andando pela Rua Consolação, tão logo passado o cemitério, avistei hipsters fumando do lado de fora de um inferninho, e pensando entro não entro entro não entro entro não entro – ÔE – entrei.
Muito para minha surpresa, o lugar estava repleto de belas xotaças, e um trio eletrificava o ambiente com um dance-rock despretensioso e divertido. (o que fez o autor se lembrar do saudoso Espaço Retrô, na Sta. Cecília) Por ali também avistei a galera do MILOKOVIC, que havia tocado antes e ao fim do show do trio subiu ao palco para uma JAM cheia de groove.
Encerrado o show, voltei pra casa, bati uma bronha e dormi.
Forte abs,
B.B.
2009

ns.buzz
0
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).
ago.09
12

Só tem pirigóticas heinnnn..

comentários 0 ns.buzz

Eu fui! mentira.

mas teve gente que foi, confira o depoimento

vi enquanto peregrinava no Yellow Cake

Tá tudo bem agora
por Hans Guro

retirado do blog Capanema – dica do @jhony_

Em mais uma demonstração de estoicismo e pura virilidade inconsequente, o borelón lókon que vos escreve praticamente seguiu seu Sentido Dragão (SD) e foi sozinho ao evento conhecido como “PIRIGÓTICAS“. Saí da minha casa à 1h20 e, a pé, cheguei ao local aproximadamente à 1h45, horário de Brasília. Não havia indicações de que o número 425 da Rua 7 de Abril fosse o tal Subsolo Espaço Alternativo, mas o grupinho de goths fumando na frente do estabelecimento não deixava dúvidas de que ali realmente acontecia o evento exclusivo para mulheres ousadas e com os mais variados estilos de sensualidade. (e também de que a lei antifumo veio pra ficar ). Só para me certificar de que estava no lugar certo, solicitei na recepção um flyer da festa da noite; portanto, tenho em mãos o famigerado convite polêmico que tanto despertou o interesse do boreloker. Um tanto quanto seguro, adentrei o recinto, e qual não foi a surpresa ao constatar que, ali, não havia Pirigóticas – por certo o convite estampava a data errada! -, mas sim, um tipo de evento mais popular (e muito menos atrativo), denominado (GOTH) SAUSAGE FEST

Desorientado pela falsa informação e pelo CC desagradável que poluia o ambiente , o gonzo logo tratou de se acalmar e notou que, apesar de terrivelmente desproporcional, havia mulheres no salão. Pelo que pude contar, cerca de SEIS, e a maioria delas tiraria um zero numa escala de 1 a 10. Mais contido e aliviado pelo fato de que ao menos não estava no porão de um HOMOSEXER-PEDORAPIST, segui rumo ao bar e pedi uma ÁGUA TÔNICA paumolescente. De um canto escuro, isto foi o que avistei:
– Uma xotaça loira goth dançando colada à cabine do DJ. Esta, um dos poucos resquícios de esperança na humanidade, logo se confirmou praticamente namorada do DJ, é claaaaaaaaro;
– Uma goth de cabelo verde-catarro sozinha no sofá, completamente catatônica, possivelmente também surpresa com o engano da organização;
– Um sujeito boa-praça vestindo uma camiseta com os dizeres “YES WE CAN” e uma foto de Barack Obama (à essa altura do campeonato I wanted to be his bro, mas antes que eu pudesse fazer qualquer coisa ele desapareceu do mapa);
– Vários goth dançando de maneira inusitada. E.g.: um sujeito de punhos enfaixados (!) desferia jabs no ar – possivelmente contra o INVISIBLE JESUS; um rapaz de jaqueta jeans executava o famoso passo THE HUSTLE, exceto que totalmente distorcido e nada parecido com o THE HUSTLE;
– Algumas barangas goth de 3º mundo vestidas de maneira inapropriada;
– Mais do que tudo, a ausência de Zap n’ Roll & Humberto Finatti.
Não mais que uma hora depois e absolutamente nada notório para relatar, resolvi entregar o jogo e caminhei rumo à Bela Vista, com o peso do mundo sobre meus ombros magros. Mas antes de encerrar a noite, o lókon maloker estava disposto a encarar mais um embate cultural. Andando pela Rua Consolação, tão logo passado o cemitério, avistei hipsters fumando do lado de fora de um inferninho, e pensando entro não entro entro não entro entro não entro – ÔE – entrei.
Muito para minha surpresa, o lugar estava repleto de belas xotaças, e um trio eletrificava o ambiente com um dance-rock despretensioso e divertido. (o que fez o autor se lembrar do saudoso Espaço Retrô, na Sta. Cecília) Por ali também avistei a galera do MILOKOVIC, que havia tocado antes e ao fim do show do trio subiu ao palco para uma JAM cheia de groove.
Encerrado o show, voltei pra casa, bati uma bronha e dormi.
Forte abs,
B.B.
2009

ns.buzz
0
  • Policial atropela condutores da Tocha enquanto homem de verde tira selfie
  • Mais uma prova que o Rio de Janeiro está preparado para as Olimpíadas
  • O desabafo de um brasileiro que só queria jogar Pokémon Go
  • Amigão comenta a contratação de Milton Caraglio para o São Paulo
  • Não se preocupe com atentado terrorista, o SAMU do RJ também está preparado
  • Como foi a Corrida Naruto na Avenida Paulista
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).