Abril 24

Valesca Popozuda feat Catra – Mama (Pagode Erótico)

Ore conosco

QUEM DIRIA! Ela parou com o palavrão…

“Muita polêmica! Muita confusão! Decidi parar de cantar palavrão, então por isso, negão, vou cantar essa canção…”

“Quando eu te vi de patrão, de cordão, de R1 e camisa azul
Logo encharcou minha xota e ali percebi que piscou o meu cu
Eu sei que você já é casado, mas me diz o que fazer
Porque quando a piroca tem dona é que vem a vontade de fuder

Então mama, pega no meu grelo e mama
Me chama de piranha na cama
Minha xota quer gozar, quero dar, quero te dar

Quando eu te vi no portão, de trancinha, tamanco e vestido azul
Eu logo latejou o meu pau e ali logo vi que piscou o seu cu
Puxei sua calcinha de lado e dei três cuspidas pro meu pau entrar
Então eu fiquei assustado, porque você só queria mamar

Então mama, pega minha vara e mama
Vem deitar na minha cama (…)”

Ainda bem que o Treta transcreveu toda a letra hoje cedo, dificilmente eu teria forças para fazer isso já que estou chorando, emocionado com essa música…

Se você tem uma pessoa especial na sua vida…envie o link pra ela: http://bit.ly/InKkhq

Ela irá chorar…de emoção.
E possívelmente te mamar amar a noite inteira…




Veja também ou 'tááá amarrado'!


Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados pelos outros usuários e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).