maio.09
21

Viral com cenas fortes proibido no Youtube esta de volta (veja antes que tirem do ar de novo)

comentários 0 ns.buzz

vi enquanto peregrinava no Ypisilon2

A proibição do vídeo foi devido a cenas chocantes de uma menina, no meio de um playground, dando a luz à um bebe enquanto todos os seus amigos assistiam. A verdade é que o viral não ficou nem 24 horas no ar, e já foi retirado pelo YouTube.

Hoje acessando o YouTube verificamos que: o viral está de volta! (não sei até quando)

Outras campanhas utilizando posters e panfletos já haviam sido feitas pela NHS, porém nunca surtiram muito efeito. O objetivo da nova campanha é chocar os jovens, principalmente da cidade de Leicester, no Reino Unido, onde a taxa de gravidez entre as jovens tem aumentado consideravelmente.

A campanha se estende online através do site www.hey-babe.co.uk, onde é possível ver o vídeo, como se tivesse sido gravado de um celular. No próximo mês o site irá conter uma série “docu-drama” estrelado por jovens atores locais, tratando de assuntos como relacionameto, sexo e gravidez.

E você, achou forte?!

ns.buzz
0
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).
maio.09
21

Viral com cenas fortes proibido no Youtube esta de volta (veja antes que tirem do ar de novo)

comentários 0 ns.buzz

vi enquanto peregrinava no Ypisilon2

A proibição do vídeo foi devido a cenas chocantes de uma menina, no meio de um playground, dando a luz à um bebe enquanto todos os seus amigos assistiam. A verdade é que o viral não ficou nem 24 horas no ar, e já foi retirado pelo YouTube.

Hoje acessando o YouTube verificamos que: o viral está de volta! (não sei até quando)

Outras campanhas utilizando posters e panfletos já haviam sido feitas pela NHS, porém nunca surtiram muito efeito. O objetivo da nova campanha é chocar os jovens, principalmente da cidade de Leicester, no Reino Unido, onde a taxa de gravidez entre as jovens tem aumentado consideravelmente.

A campanha se estende online através do site www.hey-babe.co.uk, onde é possível ver o vídeo, como se tivesse sido gravado de um celular. No próximo mês o site irá conter uma série “docu-drama” estrelado por jovens atores locais, tratando de assuntos como relacionameto, sexo e gravidez.

E você, achou forte?!

ns.buzz
0
  • Engenheiros brasileiros desenvolvem a primeira churrasqueira móvel
  • Uma crítica social foda antes de ser preso
  • Aprenda a ter uma boa auto estima com Emily do BBB
  • Eu sou lindo demais pra morrer!
  • Você teria coragem de apostar contra o Rei da Sinuca de Boteco?
  • As melhores fantasias do Carnaval 2017 até aqui…
Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser gritar algo, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a porra ficou séria: comentários racistas, homofóbicos e filhos da puta sem costume em geral poderão ser denunciados por outros usuáros e você perderá sua conta ou será caçado por aborígines comedores de ânus (sim, qualquer uma das opções pode acontecer).